sábado, 6 de junho de 2009

Tecido de granulação


A destruição do parênquima de alguns órgãos é sucedida, não pela reposição integral deste (regeneração), mas por um tecido conjuntivo (fibrose). Este processo é também uma forma de reparo dos tecidos, e começa em até 24 horas após a lesão, pela emigração de fibroblastos e indução da proliferação de fibroblastos e células endoteliais.

Um tipo de tecido especializado se forma nos primeiros dias (3-5 dias). É o tecido de granulação que tem um aspecto granular, rosado e de consistência mole. Histologicamente, observa-se proliferação de fibroblastos e capilares recém-formados, delicados, de paredes finas, em uma matriz extracelular frouxa.

A fotomicrografia acima é do site http://library.med.utah.edu/WebPath/webpath.html que tem uma coleção de imagens excelentes e textos fáceis de entender.

Na imagem você pode observar a superfície da pele reepitelizada e logo abaixo uma área de tecido de granulação. Esta imagem corresponde ao quadro encontrado uma semana após uma excisão. Depois de um mês o quadro estará completamente diferente e se observará uma grande área com grande quantidade de colágeno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário