sábado, 29 de agosto de 2009

VISITE O BLOG patologiabyprofessor3f.blogspot.com




A execução de morte celular após um estímulo externo pode apresentar uma grande variedade de padrões distintos. Dois dos mais estudados e fenotipicamente distinguíveis padrões são APOPTOSE e NECROSE, que são caracterizados por critérios morfológicos típicos.

Durante a apoptose, células apresentam bolhas membranosas, fragmentação do DNA nuclear, condensação da cromatina e exposição de fosfatidilserina, que resultam em rápida remoção da célula que está morrendo.

Em contraste, durante a necrose, que tipicamente ocorre após dano excessivo por injúria química ou física, as células apresentam vacuolização citoplasmática e inchaço do citoplasmas e das organelas concomintamente a perda da integridade das membranas.

Apesar de a apoptose ser considerada como a principal forma de MORTE CELULAR PROGRAMADA enquanto a necrose é frequentemente considerada uma morte PASSIVA e não REGULADA, está claro agora que existe um grande variedade de formas intermediárias entre estes dois extremos, inclusive formas de necrose programada.

Outros tipos de morte celular programada incluem a autofagia, na qual os componentes celulares são auto-reciclados e ocorre acúmulo de vesículas autofágicas. Adicionalmente, outras formas conhecidas são a paraptose e a autocismose, que são caracterizadas por critérios específicos.

Certamente, o fenótipo exato de uma célula morrer é dependente de muitos diferentes fatores inclusive tipo de célula, contexto celular e estímulo de morte específico. Mudanças características que diferem entre as diversas formas também incluem modificações da forma e arquitetura celular, tais como alterações no citoesqueleto.

Um potente inibidor de uma enzima importante (SAAH) é o adenosina dialdeído (AdOx). A influência de AdOx sobre o ciclo e sobrevivência celular foi estudada e verificou-se que AdOx causa mudanças na distribuição do ciclo celular e estimula a morte celular em diferentes tipos celulares. Curiosamente, enquanto em baixas concentrações, AdOx cause apoptose típica, em altas concentrações, leva a uma forma nova de morte celular independente de caspase.

Esta forma de morte é caracterizada por incompleta condensação nuclear e agregação de actina.
Morfologicamente, este tipo de morte é caracterizada por protuberância do núcleo e formação de extensões citoplasmáticas.


O TEXTO ACIMA é uma tradução livre da introdução do artigo original citado a seguir:

Oncogene (2005) 24, 7002–7011. doi:10.1038/sj.onc.1208855; published online 27 June 2005

Methyltransferase inhibition induces p53-dependent apoptosis and a novel form of cell death

Christian Schwerk and Klaus Schulze-Osthoff

2 comentários:

  1. Adorei, parte do assunto que vimos em sala, assim dar pra rever e estudar de uma forma bacana: através do blog.

    ResponderExcluir